Conheça 4 benefícios que os cães e outros animais de estimação nos trazem, de acordo com a ciência

Certamente, você já ouviu falar que “o cão é o melhor amigo do homem”. Mas, afinal, por que essa frase pode ser considerada verdadeira?

Nossa relação com os cachorros remonta há milhares de anos, desde que o ser humano passou a dominar a agricultura e se aproximar dos lobos – os ancestrais das diferentes raças de cachorros que conhecemos hoje em dia.

De lá para cá, essa amizade só cresceu e o surgimento do novo coronavírus é a prova de que ter um cachorro por perto pode tornar o isolamento social muito mais suportável.

Nos sentimos felizes com essa companhia porque confiamos em nossos animais de estimação para obter conforto enquanto enfrentamos as incertezas da pandemia.

Por que isso acontece? Existem muitos motivos, mas a neuroquímica traz algumas respostas. Já foi demonstrado, por exemplo, que acariciar um cão reduz o cortisol, o hormônio do estresse. E cuidar de um animal libera oxitocina, substância que nos acalma e aumenta nossa confiança nos outros.

Para você entender melhor o assunto, separei 4 benefícios com base científica pelos quais os cães podem nos ajudar a lidar com circunstâncias difíceis e ficar bem.

 

1) Afastam a solidão

Atualmente, muitas pessoas estão se sentindo mais solitárias do que o normal. Mas ter um animal de estimação (incluindo cães ou gatos) pode ajudar a prevenir a solidão.

Embora os benefícios tenham sido estudados mais entre os idosos (que geralmente têm contato social limitado), eles também se aplicam a muitos de nós na pandemia.

Os cães nos ajudam com a solidão porque os consideramos membros da família, que proporcionam amor incondicional e companhia fácil. É natural nos sentirmos menos isolados quando temos um ser gentil, compreensivo e amoroso ao nosso lado, não é mesmo?

 

2) Reduzem o estresse e a ansiedade

A pandemia aumentou os níveis de estresse e ansiedade. Felizmente, os pets também podem ajudar a diminuir esses sintomas, como muitos estudos já mostraram.

Um deles é o que foi publicado no Journal of Behavioral Medicine. Nele, 48 participantes foram submetidos a um teste de estresse em que tinham de falar em público e, em seguida, realizar cálculos difíceis enquanto pessoas os observavam. Os participantes foram aleatoriamente designados para terem um amigo, um cachorro que eles não conheciam ou ninguém os acompanhando antes e durante o teste. Seus níveis de cortisol e frequência cardíaca foram medidos antes, logo depois e 30 minutos após o teste. Eles também preencheram questionários sobre a ansiedade.

Enquanto todos ficaram mais ansiosos durante o teste e mostraram taxas cardíacas e níveis de cortisol mais elevados, os participantes que tiveram contato com um cão apresentaram níveis mais baixos. Isso sugere que estar com um cachorro pode ajudar a nos recuperar de situações estressantes.

Além disso, existem evidências científicas de que apenas assistir a vídeos de cães pode reduzir o estresse e a ansiedade. Provavelmente, esse é o motivo pelo qual nos sentimos tocados quando vemos imagens de filhotes de animais.

 

3) Os cães nos ajudam a conviver com os outros

Esse é um momento mais difícil de estar conectado com as pessoas. Porém, ter um cãozinho pode melhorar essa situação.

Publicado em uma revista sobre interações de pessoas e animais, um estudo revelou que, na presença de um cachorro, as pessoas agiam de maneira mais confiante, amigável e cooperativa. Já outra pesquisa divulgada no mesmo periódico por cientistas franceses descobriu que, quando alguém está passeando com um cachorro, as pessoas o consideram mais acessível do que um indivíduo sem cachorro.

 

4) Eles nos mantêm mais saudáveis

Todas essas vantagens que mencionei até agora também tendem a nos tornar mais saudáveis. E há evidências diretas de que os donos de cães experimentam diversos benefícios à saúde.

Isso é o que aponta um levantamento divulgado no Journal of the Royal Society of Medicine. Pessoas que adquiriram um cachorro relataram menos problemas de saúde e se classificaram como mais saudáveis ​​do que os donos de outros animais. Outro estudo feito por estudiosos da Austrália e Alemanha, revelou que os donos de cães vivem mais e fazem menos visitas anuais ao médico do que aqueles que não possuem. Eles chegaram a esses dados mesmo depois de considerar sexo, idade, estado civil, renda e outros fatores relacionados à saúde.

Por fim, uma revisão de várias pesquisas descobriu que os donos de animais de estimação tinham melhor saúde cardiovascular.  Os dados estão disponíveis na Biblioteca Nacional de Medicina, nos Estados Unidos. Parte disso pode ter a ver com o fato de que a maioria dos cachorros precisa passear. Portanto, as pessoas que possuem cães tendem a andar mais.

Isso sem contar que adotar um animal carente pode trazer seus próprios benefícios, pois fazer boas ações nos deixam mais felizes e saudáveis.

Ainda não possui um animal de estimação?

Você viu que ter um cachorro ajuda – e muito – a superar a pandemia com melhor saúde mental e física. Se ainda não possui um animal de estimação, comece a pensar nessa ideia com um pouco mais de carinho.

E, para quem já tem um pet em casa, conte para mim aqui nos comentários como você se sente!

 

 

Quer saber mais sobre o assunto? Então confira meu programa PositivaMente no Spotify e Youtube, que vai ao ar toda 2ª. feira às 20h.  


👇 Acompanhe as minhas Redes Sociais 👇

Instagram
Facebook
LinkedIn
Site

Seguir e compartilhar: