Aprenda uma técnica que dura apenas 15 minutos e pode ser realizada uma vez por dia para criar resiliência ao estresse

Tem muita gente que não sabe mais o que fazer em casa nesta quarentena, que já está prestes a completar cinco meses. Chega uma hora que os livros, filmes e séries não dão mais conta de nos manter entretidos. Quando isso acontece, uma boa saída para relaxar o corpo e a mente no começo ou no fim do dia é utilizar uma técnica de respiração consciente.

Você já ouviu falar? Eu costumo dizer que a respiração consciente é uma maneira bastante simples de criar resiliência ao estresse. Para realizar esse exercício, você vai precisar de apenas 15 minutos do seu dia por pelo menos uma semana. E o melhor: quanto mais você pratica, mais a atenção plena aumenta.

 

Por que vale a pena praticar

A maneira mais básica de respirar atentamente é simplesmente concentrar sua atenção na respiração, inspiração e expiração. Dá para fazer isso em pé, sentado ou até deitado em uma posição confortável.

Seus olhos podem estar abertos ou fechados. Para algumas pessoas, é mais fácil manter o foco ao fechar os olhos. Reservar um horário designado para este exercício também ajuda. É possível repetir esse exercício quando você estiver estressado ou ansioso. Isso porque uma prática regular de respiração consciente ajuda em situações difíceis.

 

Como fazer?

Siga o passo a passo:

  1. Encontre uma posição relaxada e confortável. Você pode estar sentado em uma cadeira ou no chão em uma almofada. Mantenha as costas na posição vertical, mas não muito apertadas. Deixe as mãos descansando onde quer que estejam de uma maneira confortável.

 

  1. Observe e relaxe seu corpo. Tente perceber a forma dele. Fique atento às sensações que experimenta, o toque, a conexão com o chão ou a cadeira se estiver sentado. Relaxe todas as áreas de aperto ou tensão.

 

  1. Primeiro, comece a respiração consciente da seguinte forma. Inspire profundamente pelas narinas por 3 segundos. Em seguida, segure a respiração por 2 segundos. E, por fim, expire pela boca por 4 segundos.

 

  1. Sintonize sua respiração natural. Sinta o fluxo da respiração de forma orgânica sem precisar contar. Observe em quais partes do seu corpo você sente sua respiração. Pode estar no seu abdômen, peito, garganta ou narinas. Veja se você consegue sentir as sensações da respiração, uma de cada vez. Quando uma respiração termina, a próxima respiração começa.

 

  1. Agora, ao fazer isso, sua mente pode começar a pensar em outras coisas do seu dia. Se isso acontecer, não há problema. É completamente natural. Apenas tente redirecionar sua atenção suavemente de volta à respiração. Não deixe outros pensamentos te distrair.

 

  1. Continue respirando de 5 a 7 minutos. Observe sua respiração em silêncio. De tempos em tempos, você se perde em pensamentos, mas sempre volta à respiração.

 

  1. Depois disso, sinta novamente seu corpo por inteiro. Deixe-se relaxar ainda mais profundamente e, em seguida, agradeça por ter feito essa prática.

 

Dica final

Este é um ótimo exercício para você realizar quando estiver sobrecarregado, com raiva, frustrado ou irritado. A respiração realmente ajuda a regular a emoção que você está sentindo para um sentimento mais neutro e positivo.

Se você se sentir perdido, tente se concentrar na sensação de sua respiração e no som do ar entrando e saindo do seu corpo. Quando você coloca todo o seu foco nesse movimento, é difícil pensar em outras coisas acontecendo e isso torna o processo muito mais benéfico.

Gostou do exercício?

Então, compartilhe essa prática com seus amigos e familiares. E não se esqueça de escrever aqui nos comentários como foi essa experiência para você!

 

Quer saber mais sobre o assunto? Então confira meu programa PositivaMente no Spotify e Youtube, que vai ao ar toda 2ª. feira às 20h.  

 

 

👇 Acompanhe as minhas Redes Sociais 👇

Instagram
Facebook
LinkedIn
Site

 

Seguir e compartilhar: